Menu fechado

Sustentabilidade: como fazer escolhas mais ecológicas dentro de casa – Casa e Jardim

Sustentabilidade: como fazer escolhas mais ecológicas dentro de casa - Casa e Jardim

Como ser sustentável dentro de casa (Foto: Ilustração Fernanda Oliveira/Editora Globo)

Eu sempre falo por aqui que fazer escolhas sustentáveis é mais fácil do que parece. E realmente é, eu garanto! Mas se você me perguntar qual a parte mais difícil, sem dúvidas é mudar os hábitos dentro de casa.

Pense que há 20 anos, toda vez que a lixeira fica cheia, você retira e coloca outra sacolinha. Ou quando compra comida pronta, a embalagem de plástico vai para o lixo quase que instantaneamente. Como repensar esses hábitos que já repetimos sem pensar? Sim, é difícil!

Por isso, hoje vou dividir em tópicos algumas dicas que já coloquei em prática relacionadas diretamente à casa. Inclui também algumas indicações de produtinhos e marcas que uso no dia a dia. Espero que ajude!

1. Sala de estar
Eu passo pouco tempo na sala de estar. Geralmente, assistindo TV. Por isso, quando não estou por lá, presto atenção se desliguei todas as luzes e retirei os aparelhos da tomada. Sim, isso realmente economiza energia – não é mania de mãe. De acordo com o Instituto Akatu, todos os aparelhos em modo stand-by podem representar até 12% do consumo de energia elétrica de uma residência. Não dá para negar que é muito.

2. Cozinha
– Este é um cômodo que dá muita conversa. Aliás, o que acha de futuramente eu fazer uma coluna só sobre ele? Me conta! 

– Enfim, a grande regra daqui é: reutilize! Tudo o que puder. Os descartáveis sempre podem ganhar um pouquinho mais de vida. Basta lavar e voilá. Claro, que não considero aqui aqueles copinhos ou pratos supersensíveis que quebram ao menor toque. Mas as embalagens de comida que vêm no delivery, por exemplo, podem armazenar algo na geladeira. E os talheres descartáveis são ótimos para levar na marmita.

– Na hora de lavar a louça, feche a torneira enquanto ensaboa. Você sabia que em média gastamos 117 litros de água em uma única lavagem? Outra dica para diminuir o desperdício é colocar um aerador na torneira. Ele faz com que a água saia em gotas e não em jatos. Essa ideia encontrei no livro 101 dias com ações mais sustentáveis para mudar o mundo, de Marcus Nakagawa (Editora Labrador).

– Terminou de cozinhar, o que fazer com os restos de frutas, legumes, verduras… Composteira! Além de gerar menos resíduos, todo o seu lixo orgânico será transformado em adubo. Para isso, é necessário apenas caixotes especiais cheios de terra. Clique aqui e confira o passo a passo para montar a sua composteira.

– Recicle! Compre lixeiras diferentes para descartar cada tipo de resíduo: orgânico, metal, papel, plástico e vidro. Entrevistei o arquiteto Diego Revollo para montar o Guia Sustentável, e ele contou que a estética do ambiente pode ser mantida, basta embutir os recipientes na marcenaria. Dessa forma, as lixeiras compartimentadas ficam instaladas em uma gaveta do gabinete. Legal, né?! 

– Se você não sabe como separar o lixo, o Ministério do Meio Ambiente indica a maneira correta neste link. 

– O filme plástico já pode ser abolido! Em seu lugar, os tecidos de cera são excelentes opções. Além de embalar, eles ajudam a preservar melhor os alimentos. Depois de usar, basta lavar e pendurar no varal para secar. Têm duração média de 1 ano. Uso os da Zum tecido de cera, que entrega em todo o Brasil. Mas também já mostrei diferentes opções nesta matéria.

3. Lavanderia 
Os produtos de limpeza podem ser feitos em casa com as ótimas receitas de bicabornato. Todas as que uso, encontrei aqui mesmo no site de Casa e Jardim. Por isso, deixo os links abaixo.

8 problemas que você resolve com vinagre

12 maneira de usar o bicarbonato na faxina

8 segredos de limpeza da vovó 

– Mas quando as receitinhas não resolverem, aposte nos produtos da Bioz Green. Descobri enquanto fazia a matéria 7 dias vivendo como uma vegana. A marca é cruelty-free, limpa como os produtos convencionais, mas tem um aroma bem melhor, na minha opinião.

– Na lavanderia também vale a dica do aerador na torneira. Sabia que uma lavagem no tanque pode gastar quase 280 litros de água? É muita coisa! Em relação à máquina de lavar: já sabe, né?! Deixa acumular bastante roupa para lavar tudo junto. Algumas marcas, inclusive, já possuem o aparelho com o tambor grande e uma gaveta menor para lavar poucas peças e gastar menos água quando necessário. Já vi um modelo da Samsung e um da LG à venda.

4. Banheiro 
O grande vilão do banheiro é o saquinho de lixo, mas é bem fácil substituí-lo. Basta usar jornal velho. O Instituto Akatu ensina neste link como dobrá-lo para encaixar na lixeira. Simples e rápido!

Lembre-se também de diminuir o tempo do banho e fechar a torneira enquanto escova os dentes.

5. Quarto
Aqui eu uso a mesma dica da sala de estar: fico atenta às luzes e aos aparelhos em modo stand-by. Tiro tudo da tomada! Inclusive, carregadores de celular e notebook.

– Quanto à roupas e sapatos, já contei que aderi ao armário-cáspula, que me ajudou muito a consumir conscientemente. Faz muito tempo que não compro roupas. Isso é ótimo para o meio ambiente e para o meu bolso. Indico muito!

– Outra dica de vestuário é consertar sempre que possível. O coletivo @seusujo, por exemplo, repara tênis. O bacana é que eles também transformam todo o calçado. Fica parecendo novo!

6. Home office
Meu cantinho de escritório em casa fica dentro do meu quarto, mas coloquei separado para quem tem um cômodo exclusivo.

– A lixeira do home office dispensa sacola. Geralmente, são apenas papéis por ali. Aliás, antes de descartar, confira se ainda não consegue reaproveitá-lo como rascunho. E quando for imprimir, utilize os dois lados da folha.

– Por fim, deixe uma caixa de papelão por ali para juntar pilhas e baterias e depois destiná-los ao descarte correto. Consulte os postos de recolhimento mais próximos clicando aqui. 

– O mesmo vale para as embalagens de remédio! Aqui neste link tem as informações sobre descarte.

Esse é o resuminho por cômodo de hábitos que mudei. Acredito que esqueci de alguns, mas vou contando no Instagram (@julyanasao) também! Me segue lá! Tem mais dicas? Divide comigo, vou adorar receber uma mensagem sua ou um e-mail (julyanas@edglobo.com.br). Até a próxima quinta-feira!

(Foto: Luiz Henrique Lula/Editora Globo)

Julyana Oliveira é jornalista, repórter da Casa e Jardim, caçadora de tendências, curiosa sobre todos os assuntos e engajada com um futuro melhor.

Gostou da nossa matéria? Clique aqui para assinar a nossa newsletter e receba mais conteúdos.

Artigo Original

Deixe uma resposta