Menu fechado

SIC Mulher | Como fazer um orçamento de Natal eficaz?

SIC Mulher | Como fazer um orçamento de Natal eficaz?

Emilija Manevska

Está a chegar o Natal. Aquela época do ano repleta de magia, de luz e de cor. Contudo, esta quadra festiva, tem tanto de encantada como de dispendiosa, por isso, é essencial saber como fazer um orçamento de Natal eficaz.

Entre presentes, decorações para a casa e a preparação da ceia e do almoço de Natal há muitos gastos envolvidos. Se não houver planeamento e uma boa gestão do orçamento o mês de dezembro pode ser desastroso para a sua conta bancária.

Neste artigo vai encontrar dicas fundamentais para poupar neste Natal, ao criar e gerir um orçamento adequado à sua carteira para consiga desfrutar do tempo em família e dos petiscos da época sem sofrer de ansiedade financeira.

Faça um balanço dos gastos do ano anterior

Antes de pensar neste ano, tente saber quanto gastou no ano passado. Procure todas as faturas que encontrar, juntamente com movimentos bancários e coloque tudo num caderno ou num ficheiro de computador. Inclua vários tipos de despesas, desde compras, refeições, estadias e deslocações.

O ideal será agregar todas estas despesas e a partir daqui, já terá um valor de referência, quer para definir um limite para este ano como para comparar os dois anos em termos de gastos.

Elabore uma lista com todas as despesas a incluir no orçamento de Natal

Pegue no valor que definiu e divida-o por categorias, definindo um limite para cada uma dessas categorias.

Um exemplo: imagine que tem um orçamento de 400 euros. Olhando para todas as despesas que sabe de antemão que terá que suportar, divida os 400 euros por elas.

Pode fazer algo como:

-150 euros para presentes;

-50 euros para deslocações de carro ou transportes;

– 20 euros para decorações;

-140 euros para a ceia, almoço e as demais refeições;

-40 euros para os jantares com a empresa e amigos.

Esta lista vai-lhe ajudar a saber exatamente quanto dinheiro precisa e não gastar mais do que necessário.

Faça uma lista das pessoas a quem terá que comprar presentes

Agora que já definiu quanto pode gastar em presentes, distribua esse valor por todas as pessoas que quer oferecer uma prenda. Se possível aponte o que irá oferecer a cada uma das pessoas e quanto dinheiro prevê gastar com cada uma. Some tudo, e se o valor final ultrapassar aquele que definiu para as prendas de Natal, comece de novo.

Se necessário, recorra a opções mais em conta, como presentes low-cost, algo feito por si ou mesmo cartões presente, com um valor máximo definido que a pessoa pode utilizar numa compra que desejar.

Emma Innocenti

Crie um fundo dedicado ao Natal

A melhor forma de garantir que vive o Natal sem o risco de se endividar é criar um fundo, ou uma poupança específica para estes gastos. Durante o ano vá colocando dinheiro de parte, numa conta ou num mealheiro, conforme achar melhor. Assim, quando chegar à quadra natalícia já tem todos os gastos assegurados. Se não o fez para este Natal, comece já a preparar o fundo do ano que vem. Nunca é tarde para começar a poupar.

Pesquise antes de comprar

Ajuda muito se, antes de sair para o centro comercial, já souber a que lojas é que tem que ir e que produtos procura. Além disso, pesquisar com antecedência permite-lhe gerir melhor o seu orçamento de Natal, já que tem logo acesso aos preços dos produtos.

Deixe os cartões multibanco e de crédito em casa

Levar o dinheiro “contado” quando for às compras garante-lhe que não gasta mais do que deveria. Uma vez que já elaborou o seu orçamento, já estipulou quanto vai gastar em cada categoria e o que vai dar de presente a cada pessoa, levante esse montante no multibanco e saia de casa apenas com esse dinheiro na carteira.

Anote e acompanhe os gastos

Os registos devem ser contínuos. Manter todas as transações registadas é a melhor forma de perceber se está a conseguir respeitar o orçamento e de fazer comparações com anos anteriores, por exemplo.

Pequenos extras de cinco ou dez euros podem parecer inofensivos, mas se os repetir várias vezes, a soma total pode provocar grandes estragos no seu orçamento.

Siga estas dicas para fazer um orçamento para as compras de Natal e viver momentos especiais sem comprometer a sua saúde financeira.

Artigo Original

Deixe uma resposta