Menu fechado

Refeição caseira para cachorro: veja dicas de como fazer | Como Será – Interatividade

Refeição caseira para cachorro: veja dicas de como fazer | Como Será - Interatividade

Neste sábado (9), o quadro “Como Faz” do Como Será promete ajudar muito os donos de cachorro. A gente recebe a veterinária Kathleen Schwab Salles, especialista em nutrição, no nosso estúdio e ela mostra como substituir as rações prontas, compradas em pet shop, por uma alimentação caseira e mais balanceada.

Qual será a melhor forma de alimentar os nossos cães? Para fazer uma comida caseira para o seu cachorro, você deve primeiro escolher os ingredientes para fazer a mistura.

  • 35% de carboidratos: por exemplo, arroz integral cozido ou batata, mandioca, batata-doce com casca, mandioquinha com casca – tudo cozido e cortado em cubinhos
  • 30% de carnes (músculo bovino, frango, filé mignon suíno, filé de peixe, etc)
  • 30% de vegetais (couve-manteiga cozida picadinha, espinafre cozido, agrião cozido, vagem cozida, chuchu cozido, cenoura cozida com casca, brócolis cozido, abobrinha cozida com casca, etc)
  • 5% de fígado (bovino, suíno ou de frango)

Depois de escolher o vai usar, siga o passo a passo de preparo:

  • Cozinhe a carne e o fígado até ficar de mal passada a ao ponto, em frigideira, no vapor ou assada
  • Cozinhe os vegetais e tubérculos em panela a vapor ou no forno até os cubinhos ficarem macios (cerca de 25 minutos)
  • Cozinhe o arroz normalmente, mas sem usar cebola
  • Para temperar, pode usar azeite de oliva (só um fiozinho), uma pitada de sal, e ervas frescas picadinhas (manjericão, orégano e/ou salsinha)
  • Complementar com suplemento vitamínico-mineral para cães adultos (um veterinário pode indicar as marcas do mercado), e cápsulas de ômega-3 (óleo de peixe) de 1g (uma cápsula por dia, pra cada 10 kg de peso do cão).

Além de ensinar como fazer a refeição, a Dra. Kathleen Schwab Salles também deu algumas dicas gerais para os donos terem atenção na hora da alimentação de seu cão.

  • Cachorros não podem comer cebola e acebolados, chocolate, carambola, uva e uva passa, casca e folhas de abacate, macadâmia e açaí.
  • Osso só pode ser oferecido se estiver cru.
  • Quem preferir alimentar os cachorros com rações, deve dar preferência por opções sem grãos transgênicos (milho e soja) e sem conservantes artificiais. Hoje em dia também tem alimentação natural comercial, vendida em pet shops, já suplementadas e balanceadas. Mas se preço for um problema, a pessoa pode escolher a melhor ração que couber no orçamento. Na dúvida, consulte o veterinário.

Artigo Original

Deixe uma resposta