Menu fechado

Recadastramento de celular pré-pago na Anatel; como fazer para evitar o bloqueio?

Redação / Tribuna do Paraná

Termina nesta segunda-feira (18) o prazo para o recadastramento de celulares pré-pagos. De acordo com informações da Agência Brasil, quem não atualizar seus dados terá sua linha bloqueada pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). O objetivo da iniciativa, conforme a Anatel,  é evitar fraudes e ampliar a segurança dos consumidores, com o uso de uma base cadastral correta e atualizada.

+ Leia mais: Nota Paraná muda e passa a ter até prêmio milionário. Entenda!

A medida vale para os clientes dos estados de Alagoas, Amazonas, Amapá, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Maranhão, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Roraima, Sergipe e São Paulo.

Conforme a agência, cerca de 1% dos 91 milhões dos celulares pré-pagos destes estados têm pendências cadastrais. Esta é a última fase da campanha de comunicação aos consumidores com cadastros desatualizados, realizada pelas prestadoras Algar, Claro, Oi, Sercomtel, Tim e Vivo, dentro do Projeto Cadastro Pré-Pago, acompanhado pela Anatel.

Como atualizar o cadastro

Quem tiver a linha pré-paga bloqueada poderá atualizar os dados cadastrais na sua prestadora pelos canais de atendimento disponíveis como: call center e espaço reservado ao consumidor na internet.

A pessoa deve informar o nome completo e o endereço com o número do CEP. No caso de pessoa física, é necessário informar o número do CPF e, para pessoa jurídica, o CNPJ. Também poderão ser solicitadas informações adicionais de validação do cadastro.

Mesmo com tumulto e pressão, vereadores aprovam ‘pacotaço do Greca’

Artigo Original

Deixe uma resposta