Menu fechado

Não tem tempo? Saiba como fazer exercícios e emagrecer sem ir à academia

Não tem tempo? Saiba como fazer exercícios e emagrecer sem ir à academia

A correria do dia-a-dia impede de fazer inúmeras coisas e interfere até na prática de exercícios. É comum não ter tempo para nada, inclusive para ir à academia, mas essas dicas vão acabar com suas desculpas para não fazer atividade física e ainda vão te ajudar a emagrecer com pequenas atitudes rotineiras.

Leia também: Água com limão emagrece? 10 mentiras sobre as dietas para você não se iludir

fazer exercício em casa e emagrecer
Shutterstock

O tempo não vai mais ser uma desculpa! Saiba como incluir os exercícios na rotina e pratique sem ir à academia

O primeiro passo para emagrecer e ser mais saudável é se mexer, deixando o sedentarismo de lado. E não precisa já pensar em treinar até a exaustão e passar horas na academia, afinal, você nem tem tempo para isso. 

“Pequenas mudanças de hábito são fundamentais para estimular o nosso metabolismo, provocando um aumento significativo de consumo de energia e, consequentemente, o desejado processo de emagrecimento”, afirma a endocrinologista Ana Cristina Belsito, do Hospital São Vicente de Paulo.

Atitudes do cotidiano que ajudam a emagrecer

subir escadas
shutterstock

Subir escadas é uma das alternativas para emagrecer e praticar exercícios. A atitude é comum e frequente no dia a dia

Coisas do seu dia-a-dia podem se transformar em aliados. Cultivar hábitos como subir escadas fixas ao invés de utilizar as rolantes ou os elevadores e caminhar sempre que possível já pode te ajudar a emagrecer.

“Em um somatório geral, mantendo uma constância na atividade, pode, sim, ser útil no emagrecimento”, esclarece o nutricionista Rodrigo Stocco, do Nutrição e Saúde X.

Leia também: Treinar no frio emagrece mais? 7 fatos para você saber antes de ir para academia

Ana Cristina afirma que a bicicleta também é uma boa opção para mexer o corpo, e ainda ressalta que essas atividades funcionam melhor quando são aliadas a uma dieta. “Associar estas práticas a uma redução de calorias em excesso é uma simples e eficaz forma de perder peso “, fala.

Lucas Nonato ressalta que nenhum alimento tem a característica de queimar gordura, mas uma dieta com frutas variadas e de baixo índice glicêmico, junto com as fibras, ajuda a alcançar esse objetivo.

Exercícios para fazer em casa

exercício em casa
shutterstock

Além de subir escadas e andar de bicicleta, por exemplo, uma boa alternativa para mexer o corpo é fazer exercícios em casa

Além de utilizar as coisas presentes no cotidiano para impulsionar a perda de peso, é possível praticar exercícios no conforto do seu lar. “Não podemos só pensar em atividades físicas realizadas em academias ou clubes. É totalmente viável realizar exercícios em casa, independente do seu nível de condicionamento”, afirma Fabio Tostes, educador físico do aplicativo BTFIT, da Bodytech.

A pedido do iG Delas , Tostes, Manoella Pacheco, educadora física da Fórmula Academia, e Jessica Bittencourt, educadora física da Bodytech, apresentam abaixo uma série de opções de atividades para você fazer em casa.

1. Corrida no lugar

exercício em casa
Shutterstock

Correr no lugar é uma prática semelhante a da esteira. É um exercício importante para o sistema cardiorrespiratório

O exercício tem as mesmas características que a corrida em movimento e se destaca por atuar com eficiência no sistema cardiorrespiratório, uma vez que aumenta os batimentos cardíacos. Segundo Manoella, isso proporciona a queima de gordura e eleva a resistência física. 

2. Burpee

Burpee
Shutterstock

Burpee exige que o corpo todo trabalhe muito e é uma ótima opção para queimar calorias e ativar o abdômen

Ele exige um esforço do corpo todo, ou seja, é uma opção completa. “Possui um gasto calórico elevado justamente por trabalhar diversas musculaturas”, pontua Manoella. Além disso, Jessica enfatiza que ele tem grande ativação do abdômen.

3. Agachamento

agachamento
Shutterstock

O agachamento é uma mistura de força, resistência e potência, e sua prática auxilia na realização de tarefas do dia a dia

Essa atividade é uma mistura de força, potência e resistência, o que a faz ser uma boa opção quando o assunto é perder peso. O exercício também ajuda a realizar tarefas simples do cotidiano, como o ato de sentar e levantar.

4. Polichinelo

polichinelo
Shutterstock

Fazer polichinelos é importante, principalmente, para aquecer o corpo antes de uma atividade

Fazer polichinelos não necessita de nenhum equipamento especial ou um espaço muito grande, por isso é útil realizar a atividade em casa. “É um exercício aeróbico, trabalha vários grupos musculares ao mesmo tempo, ajuda nos sistemas cardiovascular e cardiorrespiratório, auxiliando também na flexibilidade e coordenação motora”, destaca Jessica.

5. Prancha

prancha
Shutterstock

A prancha é uma atividade que se faz parado. É considerada o exercício ideal para quem deseja definir o abdômen

Assim como o polichinelo, a prancha é uma boa opção para praticar no lar, em especial por ser uma atividade física que se faz parado. “Para que a postura seja mantida, várias musculaturas são exigidas. Seu gasto calórico se dá por exigir força, equilíbrio e resistência”, conta Manoella.

6. Ioga

ioga
Shutterstock

Fazer ioga a relaxar o corpo e a mente e colabora com a diminuição do estresse e da ansiedade

Ioga é útil para diminuir a ansiedade e ter a mente mais relaxada, além de ser uma ótima opção para alongar e fortalecer o corpo. “Consciência corporal e mental são pilares dessa atividade”, diz Tostes. Praticar esse exercício em casa é fácil e não exige muito tempo .

Como manter o foco?

foco exercício
Shutterstock

É difícil manter o foco ao fazer exercício longe da academia, mas compensa por evitar gastos e ser flexível

Pode ser difícil se manter focado na realização do exercício fora do ambiente da academia. Segundo Ana Cristina, o segredo é ter disciplina. “Em casa, é muito fácil não manter o foco, por termos muitos afazeres e rotina de atividades, o que dificulta a concentração”, explica a endocrinologista.

O melhor jeito é escolher um determinado período do dia e realizar as atividades físicas sempre no mesmo momento. Dessa forma, diz Ana, cria-se um hábito.

Outro fator importante é a segurança. Por estar fora da academia , a atenção deve ser redobrada na hora de realizar a atividade, porque os maiores riscos são a “falta de supervisão especializada em relação a evitar lesões ortopédicas e a poluição”, de acordo com a médica.

Leia também: Por que sinto tanta dor na lateral da barriga quando corro ou faço exercício?

Por outro lado, há também benefícios, que inclui o custo zero. “Dependendo do local, há o prazer inestimável de fazer atividades físicas em locais aprazíveis e em contato com a natureza. Isto vai depender, é claro, da escolha e preferência do indivíduo”, pontua ela.

Para Tostes, treinar sem equipamentos faz bem e proporciona melhora no equilíbrio, na coordenação motora e no condicionamento físico, além de colaborar com o processo para emagrecer

Artigo Original

Deixe uma resposta