Menu fechado

“não tem como fazer a turnê toda com Ace Frehley e Peter Criss”

WHIPLASH.NET - Rock e Heavy Metal

Por Igor Miranda, Fonte: The Evening Standard
Enviar correções  |  Ver Acessos

O Kiss acredita que não é possível fazer uma turnê inteira com o guitarrista Ace Frehley e o baterista Peter Criss, que já não integram mais a formação desde o início do século. A avaliação foi feita pelo vocalista e baixista Gene Simmons, em entrevista ao The Evening Standard.

Atualmente, o Kiss está em sua (segunda) turnê de despedida, intitulada “End Of The Road”. Além de Simmons, a formação conta com Paul Stanley nos vocais e guitarra, Tommy Thayer também nas seis cordas e Eric Singer na bateria.

Em entrevistas, Ace Frehley tem dito que quer tocar com o Kiss e fez críticas ao fato da banda ter anunciado uma turnê tão parecida com as outras, inclusive por não chamar os músicos originais para uma reunião.

Agora, Gene Simmons diz que Ace Frehley e Peter Criss serão bem-vindos para participar de algum show, mas não dá para contar com eles para uma turnê completa. “Eles foram tão importantes quanto qualquer um de nós (Paul Stanley e o próprio Gene Simmons). E estão convidados para se juntar a nós no palco em algum momento da turnê. Porém, não poderíamos fazer uma turnê toda com eles. Eles são completamente indecifráveis”, disse.

O baixista e vocalista também fez elogios para Eric Singer e Tommy Thayer. “Eric já tocou com todo mundo: Brian May, Black Sabbath, Alice Cooper. Ele e Tommy têm amor por trabalhar. Eles aparecem na hora fazem o trabalho e ficam empolgados em encontrar os fãs. Já outros membros, sem dar nomes, não”, disse.

5000 acessosKiss: banda passará pelo Brasil em 2020, afirma jornalista

Artigo Original

Deixe uma resposta