Menu fechado

Melhor professor do mundo e professora brasileira mostram como fazer a diferença na vida dos alunos | Fantástico

Melhor professor do mundo e professora brasileira mostram como fazer a diferença na vida dos alunos | Fantástico

Onde todos viam lixo, esgoto, violência e pobreza, a professora Débora enxergou crianças que tinham direito a um futuro. “A maioria dos meus alunos tem os pais presos, então é uma realidade muito difícil de você imaginar e de você conviver. As crianças residem em quatro grandes favelas aqui da cidade de São Paulo, sem saneamento básico” relata, sobre a realidade dos alunos.

O medo e a violência também fazem parte da rotina dos alunos do queniano Peter, que conquistou o prêmio de melhor professor do mundo, doa 80 por cento do próprio salário para a comunidade da região onde atua. “Existem 7 tribos que vivem em conflito na região. Meus alunos precisam lidar com violência diária, com falta de comida, falta de água…e quando chegam na escola, também falta todo tipo de estrutura. Nem sala de aula tem pra todo mundo”, conta.

Débora, por sua vez, transformou lixo em material escolar. Tudo para ensinar uma disciplina que até então não existia nas escolas públicas do país: robótica. Débora ficou entre as dez finalistas do concurso que rendeu o prêmio a Peter. Veja o encontro dos dois em reportagem do Fantástico:

Artigo Original

Deixe uma resposta