Menu fechado

Em entrevista, especialista fala como fazer para ter uma arma de fogo legalizada

Em entrevista, especialista fala como fazer para ter uma arma de fogo legalizada

Ernane Camargo é vice-presidente do clube de tiro de Muriaé e atirador profissional desde 2006.

O plenário da Câmara dos Deputados vai tentar votar esta semana o projeto de lei (PL 3.723/2019) que amplia a posse e o porte de armas de fogo no país. O projeto do Poder Executivo permite a concessão de porte de armas de fogo para novas categorias, além das previstas no Estatuto do Desarmamento (Lei 10.826/03).

Para falar sobre o assunto, a Rádio Muriaé entrevistou nesta segunda-feira (28) o vice-presidente do clube de tiro de Muriaé, Ernane Camargo.

Durante a conversa Ernane esclareceu a diferença do porte e a posse de armas. Segundo ele, o porte só é permitido para as categorias descritas no Estatuto do Desarmamento, como militares das Forças Armadas, policiais e guardas prisionais. O porte de armas consiste na autorização para que o indivíduo ande armado fora de sua casa ou local de trabalho. Já a posse só permite manter a arma dentro de casa ou no trabalho. Segundo Ernane, a concessão dessa licença exigirá, ao menos, 25 anos de idade e os mesmos requisitos da posse, como laudo psicológico e bom antecedente.

Na entrevista, Ernane que é atirador profissional desde 2006, falou sobre o clube de Tiro em Muriaé e como as pessoas podem fazer para participar. ( Assista a entrevista completa no vídeo acima).  

 

Artigo Original

Deixe uma resposta