Menu fechado

Dinâmica do espelho – O que é, como fazer e mensagem

Dinâmica do espelho - O que é, como fazer e mensagem

As dinâmicas são usadas para melhorar o entrosamento de elementos de um mesmo grupo, promover autenticidade e reflexões sobre si mesmo ou de alguma situação, com o objetivo de proporcionar um crescimento pessoal ou profissional.

Esse tipo de atividade está sendo muito utilizada em entrevistas de emprego, treinamento, avaliação de profissionais, integração, descontração e autoavaliação.

Com isso, a dinâmica do espelho tem sido muito utilizada como forma de avaliar comportamentos, sendo muito eficiente quando o objetivo é provocar reflexões sobre si mesmas e trabalhar o autoconhecimento. Mas afinal, o que é a dinâmica do espelho?

O que é a dinâmica do espelho?

A dinâmica do espelho vem se tornando mais popular pelo uso em empresas quando precisam desenvolver algum conceito importante entre os funcionários.

Essa dinâmica é uma atividade em grupo bem simples e muito recomendada quando se quer ter reflexões sobre quem a pessoa é, para se ver com outras perspectivas e assim ampliar a visão de si mesmo.

Pra que serve a dinâmica do espelho?

No dia a dia, em meio a tanta correria de trabalho, estudos, tarefas domésticas, entre outros, é difícil parar pra refletir sobre si mesmo.

Então a dinâmica é um exercício de autoconhecimento e surge como uma oportunidade da pessoa ver se ainda reconhece a si mesma, pensar em sua atitudes, competências, qualidades, defeitos e sentimentos.

Apesar de ser feita em ambientes corporativos nada impede que ela seja feita entre amigos.

Como fazer a dinâmica do espelho?

Para realizar a dinâmica deve haver um instrutor para comandar os processos. Após isso, o primeiro passo é perguntar se alguém já conhece a dinâmica do espelho ou já participou alguma vez. Se sim, essa pessoa não poderá participar, para que não estrague a brincadeira.

Além disso, é necessário ter um grupo considerável de pessoas, de no mínimo cinco e o tempo não deve passar de trinta minutos para não ser uma atividade muito longa.

O material utilizado será só uma caixa e um espelho, que deve ficar posicionado ao centro de uma mesa e as pessoas devem ficar em fila ou em círculo ao redor da caixa.

É importante deixar claro que o intuito da brincadeira é mostrar a importância que cada um tem para a equipe.

Logo depois, o instrutor deve explicar que dentro da caixa tem o retrato de uma das pessoas da equipe que é muito importante para o grupo e o participante que abrir a caixa deve falar sobre a pessoa da foto sem revelar a sua identidade aos demais.

Assim, a primeira pessoa deve ser orientada a pegar a caixa e abri-la. Quando isso acontecer é interessante notar a expressão que a pessoa fará ao se deparar consigo mesma no espelho. Aqui o instrutor deve reforçar mais uma vez que não pode dizer de quem é a “foto” que está na caixa.

Após isso, o participante deve ser orientado a falar sobre a pessoa representada ali, dizendo qualidades, competências, atitudes e sentimentos.

Com base em todas as características ditas, os demais devem tentar adivinhar quem é que está representado ali na fala de quem está com a caixa em mãos.

Após, isso a caixa deve ser passada para outro participante, realizando todo o processo até que a caixa chegue ao último participante e todos tenham se visto no espelho e dito suas características.

Quanto mais características apresentar, maior é a sua reflexão e prática do autoconhecimento.

O grande objetivo aqui é que a pessoa tenha um tempo e oportunidade de refletir sobre ela mesma, sobre suas possíveis melhorias e se reconectar consigo mesma, para trabalhar seu autoconhecimento e autovalorização com todos os problemas e correria do dia a dia.

Ao fim essa atividade se torna muito interessante porque pessoas de setores diferentes e que não tem muito contato, passam a se conhecer. Além disso, é compreendido que todos, mesmo com suas diferenças, qualidades, defeitos e jeitos, são importantes para o equipe.

Veja também:

Artigo Original

Deixe uma resposta