Menu fechado

Dia dos Namorados: Como fazer um jantar romântico para o mozão e gastar menos de R$ 70

Dia dos Namorados: Como fazer um jantar romântico para o mozão e gastar menos de R$ 70

O Dia dos Namorados está chegando e você não tem nem uma ideia do que dar de presente para seu amor? Temos uma solução deliciosa: um jantar romântico preparado por você mesmo.

Se você acha que fazer um jantar elaborado é complicado e não é experiente na cozinha, temos duas receitas que são fáceis de preparar e muito saborosas. De quebra, o seu jantar especial, que inclui uma entrada, um prato principal e um vinho de acompanhamento, não vai sair por mais de R$ 70. 

Gostou? Então mãos à obra!

 

A entrada

Anna_Shepulova via Getty Images

Para a entrada, uma ideia é fazer uma bruschetta tradicional, com pão italiano, pedaços pequenos de tomate, manjericão fresco, azeite e pimenta. Este é um prato extremamente fácil e baratinho também.

Vamos aos ingredientes: 

  • Pão italiano fatiado (se não tiver, pode usar até pão francês)
  • 1 tomate grande picado, sem sementes 
  • 1 dente de alho
  • Manjericão (a gosto)
  • Azeite (a gosto)
  • Sal e pimenta do reino (a gosto) 

 

Como preparar

Primeiro, pique o tomate sem a semente em quadradinhos pequenos, pois é mais fácil para comer. Em uma tigela, misture ele com as folhas de manjericão, sal e pimenta a gosto e azeite ― que deve ser o bastante para envolver todos os ingredientes. O exagero do azeite também não é bom porque pode deixar sua bruschetta oleosa. Reserve a tigela. 

Com o pão italiano já fatiado, você pode dourá-los de dois jeitos: na frigideira com um fio de azeite ou no forno. O mais prático é fazer na frigideira aquecida. Doure os dois lados e cuidado para não queimar. 

Com os pães quentinhos, passe o dente de alho descascado no pão e coloque uma colher de sopa cheia da mistura de tomate e manjericão sobre a torrada. Não deixe muito cheia, nem muito vazia. Decore com uma folha ou duas de manjericão e sirva. 

Dica: é importante que você não use o suco do tomate que pode aparecer na tigela, pois ele deixaria o pão molhado e perderia toda a crocância. Também é aconselhado servir a bruschetta imediatamente depois de prepará-la. 

 

Prato principal

Divulgação

Agora vamos para o prato principal. Ele requer um pouco mais de esforço, mas valerá cada minuto. Vamos aprender a fazer um Spaghetti Alla carbonara, de uma receita do chef Rafael Lorentti, do restaurante Basilicata Pão Italiano.

Os ingredientes para 2 porções:

  • 200g de spaghetti
  • 3 gemas de ovos caipira
  • 100g de queijo pecorino
  • 80g de pancetta em cubos
  • Salsinha a gosto
  • Azeite a gosto
  • Pimenta do reino a gosto

 

Modo de preparo

O primeiro passo é cozinhar o espaguete de acordo com a embalagem do fabricante. Se atente apenas em deixar a massa al dente.

Em uma frigideira, coloque um fiozinho de azeite, apenas para ajudar a dourar levemente a pancetta cortada em cubinhos e reservar. Na mesma frigideira, colocar duas colheres de sopa da água do cozimento para esfriar a panela, e reservar.

A seguir, em um recipiente, misturar as gemas com o queijo pecorino. Escorra a massa, não esquecendo de reservar a água do cozimento, coloque a massa na frigideira, junto com a pancetta, as gemas misturadas com o pecorino, adicionar aos poucos a água da massa, e, com o fogo baixo, misturar delicadamente, até que tudo vire um molho aveludado. 

Dica: o segredo do carbonara perfeito é a temperatura do cozimento do molho. Nesta última etapa, sempre deixe em fogo baixo. Muito cuidado com a altura da chama do fogo para que não coagule e vire ovos mexidos. Sirva em seguida para não esfriar ou perder a cremosidade. 

 

Qual vinho acompanha?  

IL21 via Getty Images

Sabemos que a preferência nacional é a cerveja, mas uma massa como o carbonara ― em um jantar romântico ― combina ainda mais com um vinho branco. Para tornar o momento mais especial, você pode experimentar algum vinho Chardonnay.

Este blog explica porquê: 

“O macarrão à carbonara leva ovos, bacon e muito queijo, uma combinação para lá de interessante e que cai muito bem com um vinho branco. Toda a intensidade do queijo pecorino soma-se ao sabor do bacon e dos ovos, criando um paladar bem intenso, que contrasta de maneira harmoniosa com a finura e elegância de um bom vinho branco encorpado, como um Chardonnay”. 

Uma opção de rótulo acessível é o vinho sul-africano branco Two Oceans Chardonnay que custa cerca de R$ 40, uma garrafa de 750 mil. Mas há diversas outras marcas e preços para explorar.

Viva o romance no ar!

 

Artigo Original

Deixe uma resposta