Menu fechado

Contrato social: Entenda como funciona e como elaborar – Jornal Contábil Brasil

Contrato social: Entenda como funciona e como elaborar – Jornal Contábil Brasil

O contrato social, é a primeira coisa que deve ser feita para abrir uma empresa. Ela é a “identidade” da empresa, onde as informações mais importantes estão descritas. Seu principal objetivo é formalizar a sociedade vinculando com o CNPJ. O registro de uma sociedade exige que os sócios homologuem um contrato social junto à Junta Comercial de seu estado. Se a sociedade for simples, esse registro é realizado por um Cartório de Registro das Pessoas Físicas.

Como fazer um contrato social.

O primeiro passo para a construção de um contrato social é a divisão de quotas entre os sócios, pois é isso que define a participação de cada um. Um ou mais sócios devem receber a função de administrador do negócio.

O valor pago a cada sócio também deve estar devidamente expresso no contrato da sociedade, seja em formato de pro labore ou distribuição dos lucros.

Uma coisa muito importante é determinar quem participa das deliberações mais importantes da empresa, como entrada de novos sócios ou empréstimos de alto valor. Verifique o tipo de decisão que cada um pode tomar sem o consentimento dos outros sócios. Isso é muito importante para evitar possíveis confrontos.

Deve-se no contrato também conter  a informação de quais operações a empresa estará habilitada ou não a exercer com aquele CNPJ. Bem como a definição da atividade que a empresa desempenhará. Para isso, você pode começar consultando a Classificação Nacional de Atividades Econômicas, disponível no site da Receita Federal. Porém não saia adicionando várias, pois precisará pagar a taxa.

Para elaborar um bom contrato social, entre em contato com um contador e advogado, eles são os profissionais mais indicados para a elaboração de seu contrato social.

Dados do Contrato.

  • Qualificação dos sócios: nome completo, nacionalidade, estado civil, profissão, RG e CPF, data de nascimento e endereço.
  • Denominação da empresa: sua razão social.
  • Tipo da empresa: as mais comuns são limitadas, Eireli, Simples Nacional, MEI, empresário individual e sociedade anônima, mas existem outros tipos.
  • Especificação das atividades e serviços exercidos pela empresa: aqui, é importante lembrar-se de que deverão ser obtidas as licenças respectivas para cada atividade exercida.
  • Sede: incluir também as filiais, se houver.
  • Prazo de duração da sociedade.
  • Capital Social: valor a partir do qual serão exercidas as atividades da empresa.
  • Integralização do capital social pelos sócios.
  • Quotas de participação dos sócios: percentual investido por cada sócio na empresa.
  • Determinação do administrador da sociedade e suas atribuições: o administrador poderá ser um ou mais sócios ou um terceiro contratado para essa função.
  • Direitos e obrigações dos sócios.
  • Participação dos sócios nos lucros e nas perdas, ou determinação de pró-labore: nesse caso, apenas a determinação do pro labore, se for este o caso, é obrigatória pelo Código Civil.

Quais são as partes de um Contrato Social.

  • Preâmbulo.
  • Capítulo 1: Sede, Prazo e Denominação.
  • Capítulo 2: Objeto Social.
  • Capítulo 3: Capital Social.
  • Capítulo 4: Administração da Empresa.
  • Capítulo 5: Assembleia Geral dos Sócios.
  • Capítulo 6: Exercício Social, Distribuição de Lucros e Demonstrativos Financeiros.
  • Capítulo 7: Continuidade da Sociedade.
  • Capítulo 8: Cotas e Distribuição.
  • Capítulo 9: Transferência de Cotas e Cessão do Direito de Preferência.
  • Capítulo 10: Condições de Retirada e/ou Exclusão de Sócio.
  • Capítulo 11: Soluções de Controvérsias.
  • Capítulo 12: Disposições Gerais.

Para elaborar um bom contrato social, para a sua empresa, é importante se certificar que todos os elementos obrigatórios estão no contrato e se ele atende todas as especificações dos seus sócios, procure pensar e discutir os assuntos para que fique de total aceitação para todos os sócios.

Dica especial para contadores

Atenção você contador ou estudante de contabilidade, conheça nosso treinamento voltado para contadores iniciantes, ensinando na prática procedimentos contábeis que todo contador precisa saber, mas que não se ensina na faculdade.

Tudo que você precisa saber para abrir, alterar e encerrar empresas, além da parte fiscal de empresas do Simples Nacional, Lucro Presumido e MEIs, Contabilidade, Imposto de Renda. Quer saber mais? Então clique aqui e não perca esta oportunidade!

Conteúdo via Nx Fácil

Artigo Original

Deixe uma resposta