Menu fechado

conheça sites de simulados e saiba como fazer – Infonet – O que é notícia em Sergipe

conheça sites de simulados e saiba como fazer – Infonet – O que é notícia em Sergipe
Os simulados precisam ser o mais próximo possível da prova (Foto: Portal Infonet)

Alguns dos benefícios de fazer o simulado para o Enem é situar o aluno sobre como serão os assuntos abordados, além de saber equilibrar o horário, avaliar os pontos fortes e fracos nas disciplinas. O Exame Nacional do Ensino Médio conta com 180 questões mais uma proposta de redação.

Se familiarizar com a prova por meio da resolução de simulados contribui para que a avaliação se torne mais natural e o estudante tenha mais segurança. Os simulados são questionários disponibilizados on-line ou não, que reúnem perguntas semelhantes às apresentadas nos vestibulares. Com isso, é possível saber como está o rendimento em relação aos conteúdos cobrados e diagnosticar quais matérias precisam ser mais estudadas.

Os simulados precisam ser o mais próximo possível da prova que o estudante irá enfrentar, por isso alguns sites disponibilizam questões de provas anteriores do Enem. Confira abaixo alguns sites com simulado Enem gratuito.

Veja os simulados para o Enem 2019

1. Simulado EBC: o simulado do portal EBC foi elaborado pela Empresa Brasil de Comunicação (EBC). Esse simulado reúne todas as questões do Enem de 2009 a 2017. O sistema oferece a oportunidade de escolher quais áreas do conhecimento você quer estudar e o banco seleciona as questões de maneira aleatória.

2. Simulado IG: o simulado disponibilizado pelo site IG oferece nove opções, cada um contendo 20 questões de diferentes assuntos. Com base no tempo que você leva para responder o teste, é gerada uma estimativa de quanto você levaria para concluir a prova.

3. Geekie Games: após realizar o simulado do Geekie Games você recebe o resultado na hora por área do conhecimento: Matemática, Linguagens e Códigos, Ciências da Natureza e Ciências Humanas e Suas Tecnologias. Além disso, você acessa o gabarito e as resoluções das questões.

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

Artigo Original

Deixe uma resposta