Menu fechado

Como fazer uma síntese? Confira 7 dicas preciosas!

Como fazer uma síntese? Confira 7 dicas preciosas!

É natural que para uma melhor compreensão da leitura de qualquer texto, tese, poema, romance e outros gêneros textuais tenhamos que levantar os principais pontos.

Muitas vezes, esta cobrança vem do meio escolar, acadêmico e do ambiente de trabalho.

Por isso, a circulação de sínteses é muito recorrente nestes ambientes.

Considerando este aspecto e a relevância deste gênero textual, hoje, adentraremos no estudo de como fazer uma síntese.

O que é síntese?

Síntese é a extração dos principais pontos de um texto. Nesta extração se deve preservar a forma do texto principal, porém a linguagem deve ser clara e objetiva.

A síntese corresponde também a um pequeno resumo, pois possui poucas palavras. Assim, toda informação muito específica não deve ser inserida em uma síntese.

Classificação da síntese

É importante, você ter em mente que a síntese possui três ramificações: síntese crítica, síntese argumentativa e síntese expositiva.

Para elencar críticas ao texto original e destacar uma possível falta de coerência das ideias do autor, você deverá construir uma síntese crítica.

Se o intuito é fortalecer as perspectivas do texto original, fundamentando-as com estudos reconhecidos, você tem de escrever uma síntese argumentativa.

Em contrapartida, se seu objetivo for apenas explicar alguns pontos do texto original, tendo em vista que o texto original, muitas vezes, pode ser confuso e/ou conter termos muito complexos, você deve construir uma síntese expositiva. 

Síntese x resumo

Devemos ter sempre em mente que a síntese deve ser menor que o resumo e tem que destacar apenas o necessário, de maneira que o leitor possa compreender os principais aspectos do texto original.

O resumo aponta as principais ideias de um texto, porém, diferentemente da síntese, ele deve conter em torno de 30% do texto original, de acordo com os profissionais da linguagem.

Então, podemos concluir que ele é maior e contém mais conteúdo que a síntese.

Dicas para elaboração de uma síntese

1- Para extrair os principais pontos, leia e releia atentamente o texto principal.

2- Após as leituras criteriosas destaque em um rascunho os aspectos que você julgue de extrema relevância. Você pode enumerar estes pontos principais.

3- Atente à estrutura! Depois, identifique o método utilizado pelo autor, os objetivos, a justificativa, os argumentos e as considerações finais.

4- Após ter levantado as ideias a serem tratadas na síntese, conecte as ideias. Para isto utilize os conectivos.

E, mas também, no entanto, não obstante, seja… seja, porquanto, portanto, logo que, visto que, caso, à proporção que, para que, de modo que, embora, como, conforme, se, etc.” são excelentes recursos coesivos que auxiliam na construção e organização dos parágrafos.

5- Este texto é impessoal, então escreva-o na terceira pessoa, pois as ideias do autor não podem ser modificadas.

6- Insira exemplos. Os exemplos podem fortalecer argumentativamente suas colocações e servir de apoio para o leitor compreender melhor as ideias do texto original.

7- Não se esqueça de referenciar. Destacar as origens bibliográficas é de fundamental importância.

Para mais informações sobre este conteúdo e correlatos, leia também:

Artigo Original

Deixe uma resposta