Menu fechado

“Como fazer que as pessoas gostem de mim” foi um dos termos mais buscados em 2019

"Como fazer que as pessoas gostem de mim" foi um dos termos mais buscados em 2019
como fazer pessoas gostem mim 1219 1400x800
Google

O Google divulgou recentemente quais foram ostermos mais buscados pelo brasileiro em 2019 e uma pergunta em específico, que apareceu em 3º lugar no ranking, chamou atenção de muita gente e virou assunto na internet: “Como fazer que as pessoas gostem de mim?

No Twitter, muitos foram os comentários de espanto e até indignação diante do que foi considerado um sinal preocupante da carência exacerbada que os indivíduos vivenciam na sociedade atual.

Mas, afinal, buscar a aprovação do outro é mesmo um problema – ou apenas uma característica humana? E quando isso deixa de ser saudável e passa a ser disfuncional?

Necessidade de aprovação: por que o ser humano tem?

dar receber amor 1219 1400x800
Praneat/Shutterstock

Todos os indivíduos buscam, nas relações, sejam sociais, profissionais ou amorosas, a aprovação do outro. Afinal, isso é necessário para se firmar uma parceria entre familiares, casais, amigos, sócios, etc.

Além da necessidade básica de entrosamento, o psicólogo e psicanalista Raphael Mello, de São Paulo, afirma que é da natureza do ser humano gostar de receber “carícias psicológicas” que, de certa forma, representam aprovação, como aplausos, elogios e cumprimentos. “É um reforço positivo e alimenta o nosso ego de uma maneira saudável”, diz.

Quando se torna problemático

likes instagram mudanca 0519 1400x800
Alex Gontar/Shutterstock

Embora seja natural e intrínseca a todos nós, esta busca se torna problemática a partir do momento em que deixa de ser um desejo e se torna uma necessidade, indicando que o indivíduo precisa da validação do outro para ser feliz.

“Passa a ser um problema a partir do momento em que começa a influenciar na autoaceitação. A pessoa não consegue aceitar a própria aparência, situação financeira, seus estudos, etc.”, define a psicóloga Ellen Moraes Senra, do Rio de Janeiro.

“Algumas pessoas necessitam de aceitação para tudo na vida e se esforçam constantemente para agradar o outro, com o intuito de serem aprovadas”, diz Raphael, destacando que, embora este comportamento seja perceptível nas interações do dia a dia, se torna ainda mais notável no universo das redes sociais.

“A quantidade de pessoas que curtem e comentam posts com o intuito de receber a mesma aprovação de volta mostra a necessidade de aparecer de alguma forma.”

Por que algumas pessoas precisam muito da aprovação dos outros

crianca castigo ursinho 0619 1400x800
Africa Studio/Shutterstock

Mello explica que a dependência disfuncional da aceitação alheia se desenvolve nos primeiros anos de vida e pode ocorrer em resposta a dois cenários.

O primeiro deles é quando há negligência na infância, isto é, a criança não recebe a atenção e os cuidados devidos no ambiente familiar. O segundo é exatamente o oposto e diz respeito à criança que não recebe limites, sendo mimada e tendo suas vontades atendidas constantemente.

“Esses dois extremos causam uma falta de equilíbrio e faz com que a criança desenvolva uma visão deturpada de si. Ao longo da vida, ela vai desenvolvendo essa necessidade de aceitação, de ser vista, de ser olhada. Por conta da própria imagem que foi criada na infância, ela não consegue se sentir amada em nenhum ambiente, não consegue lidar com a vida de uma forma equilibrada e, aí, desenvolve a necessidade da aprovação”, explica o psicólogo.

Transtorno de Personalidade Dependente

esquizofrenia pessoas doenca 1116 1400x800 0
Astova/istock

A busca pela aceitação dos outros pode ser tão intensa que, às vezes, configura um distúrbio. Entre os anos 1970 e 1980, a psicologia descreveu um quadro chamado Transtorno de Personalidade Dependente (TDP), que designa o estado do indivíduo que sente uma necessidade generalizada e excessiva de ser cuidado e aprovado pelos outros.

A falta da valorização na infância é, mais uma vez, a raiz da questão e leva o sujeito a entregar uma parte de si a outra pessoa para suprir o vazio que existe desde criança. “Ele só se sente bem consigo se os outros resolvem dedicar um tempo de elogio, de aceitação e de aprovação”, afirma Raphael.

O quadro gera falta de autoaceitação e faz com que o indivíduo se anule cada vez mais, já que, para conseguir a aprovação, precisa agradar todo mundo e, assim, suas vontades e desejos acabam ficando em segundo ou até em último plano.

aceitacao popular apoio 1219 1400x800
GoodStudio/Shutterstock

“Na tentativa de agradar os outros, ele incorpora uma autoimagem completamente despersonalizada, artificial, que vai resultar numa espécie de autorrejeição. Eu rejeito aquilo que eu sou por estar despersonalizado e busco no outro uma imagem que eu nunca vou conseguir atingir”, diz o psicanalista. “Você passa a necessitar do outro para preencher algo dentro de você, para que você consiga pertencer a alguém ou a algo”, completa.

Por que não admitimos que queremos aprovação?

Exceto nos casos em que há desequilíbrio e sofrimento, a busca pela aprovação é natural a todo e qualquer ser humano e faz parte da nossa vida em sociedade. Por que, então, é tão difícil assumi-la?

Para Raphael, vivemos em uma sociedade onde essa “dependência” não é bem vista, pelo contrário: é sinônimo de fraqueza.

emocao sentimentos 0917 1400x800
Nichcha1911/Shutterstock

“As pessoas não gostam de assumir esta necessidade para não expor suas vulnerabilidades e fragilidades”, afirma Raphael, que ainda diz: “Demonstrar fraquezas, para a maioria das pessoas, é como se reconhecer inútil, e esse é um dos piores sentimentos.”

Além disso, muitas pessoas têm medo de serem taxadas como inseguras, dependentes e até neuróticas.

Como fazer os outros gostarem de mim, afinal?

pessoa querida engracada 0217 1400x800
PeopleImages / iStock

Quando pesquisamos no Google “como fazer que as pessoas gostem de mim”, a ferramenta de busca nos indica vários artigos com dicas e até truques psicológicos para atingir a aceitação. Mas, para os especialistas consultados nesta matéria, não existe nenhum segredo para ser aceito.

Segundo Ellen, um dos motivos para isso é elementar: é impossível agradar a todos. “O mínimo que você pode fazer é ter um comportamento socialmente aceitável e compatível com o ambiente em que você se encontra. Com isso, você não gera reprovação – mas a aprovação vai variar de pessoa para pessoa, de contexto para contexto e não existe nenhum segredo para isso”, opina a especialista.

Já para Raphael, o segredo, na verdade, é buscar a autoaceitação com a ajuda de profissionais da área da psicologia para entender em que momento da vida essa necessidade de aprovação começou a se desenvolver.

Personalidade e comportamento

Artigo Original

Deixe uma resposta