Menu fechado

Como fazer o trabalho temporário se tornar fixo?

Como fazer o trabalho temporário se tornar fixo?

Na época do Natal
há 33% a mais de chances de efetivação nos serviços temporários, portanto,
confira o que fazer e não cometer de erros para conquistar essas vagas

Chegou outubro, a reta final do ano e menos
de 60 dias para a chegada de 2020. Mas antes disso, há o período de festas mais
intensivo do planeta, que mescla alegrias e esperança, inclusive de ganhos
financeiros e perspectivas profissionais.

Se a sua meta é para alguns nichos
específicos, esse é um dos melhores períodos para entregar currículos. Em 2018
houve um aumento de 5,5% nas vendas do comércio durante o período de Natal,
ainda que a economia do País estivesse bem enxuta. E a estimativa é que para
2019 os números sejam maiores, ou seja, o setor de vendas e serviços já se
prepara para a contratação de trabalhos temporários.

Entretanto, não é apenas imprimir seu
histórico em um papel e sair por aí contando com a sorte: deve haver uma
preparação particular quando a ideia é fazer com que esse temporário se torne
efetivo.

“A construção da imagem profissional é um
passo decisivo para a evolução e efetivação, que é o conjunto de
características e qualidades profissionais que o profissional projeta por
meio de suas atitudes, ações e comportamentos, de seus objetivos de carreira e
de seu desenvolvimento profissional”, explica a psicóloga e coach Rosângela
Sampaio.

Ela ressalta que a  construção de uma boa imagem profissional dá a
confiança e o direcionamento para a percepção que os outros criam dessa pessoa,
onde as percepções positivas impulsionam a ascensão e, consequentemente, a
efetivação.

“Vale lembrar que o funcionário precisa
saber o que quer e demonstrar isso já trabalhando, porque em serviços
temporários a contratação é mais rápida e nem sempre com tanta burocracia.
Porém, não adianta querer se capacitar já trabalhando, que o tempo pode não ser
favorável para isso”, alerta Eliete Couto, recrutadora de Recursos Humanos.

Em 2018 houve um aumento de 5,5% nas vendas do comércio durante o período de Natal e para esse ano é esperado um número ainda maior

Preste atenção nas suas falhas

Estabilidade, mais garantias e prospecção
de crescimento são algumas dos seus desejos nesse novo trabalho, ainda que
temporário?

Lembre-se de que a
maioria das falhas cometidas pelos funcionários estão ligadas ao comportamento
humano, e isso é um dos motivos que dificultam a efetivação desse “job” de
Natal, por exemplo.

“Diversos estudos mostram
que dificuldades de relacionamento, impulsividade,  incapacidade de 
adaptação, baixa tolerância ao estresse, autoconhecimento precário,
falta de autocontrole e baixa capacidade de autogerenciamento são problemas
relacionados à inteligência emocional  e que
constitui o principal indicador para sucesso ou fracasso profissional,
impactando diretamente na efetivação de profissionais”, lembra a coach
Rosângela.

Um em cada três funcionários de trabalho temporário pode ser efetivado, de acordo com os dados

Seja o diferencial

Os números mostram que de cada três vagas
temporárias no período do Natal apenas uma pode virar permanente, o que pode
ser uma grande luz de esperança em uma fase de tanto desemprego no Brasil.
Todavia, realmente ter interesse no dia a dia da vaga – e não somente em
dinheiro para pagar as contas – é fundamental para aumentar as chances de ser o
“1” do “3”.

 “A pessoa que mostra competência, rápida
aprendizagem e gosta do que está fazendo, sempre vai produzir mais e chamará a
atenção da empresa, que pode efetivá-la ao término do contrato”, descreve
o consultor em Gestão de Pessoas, Eduardo Ferraz.

Para ele, diversos são os motivos que impedem muitos
profissionais de conquistar uma efetivação: “Dentre as cinco primeiras
razões, três estão relacionadas a atitudes ruins. Ou seja, não adianta a pessoa
ter um ótimo currículo, mas ter péssimo
relacionamento com o grupo ou falta de dinamismo ou inaptidão para a
função”, informa. “Por isso, é preciso atenção ao comportamentos
dentro do ambiente de trabalho”, completa.

Esteja feliz com a vaga de verdade e não apenas como uma maneira temporária de pagar as suas contas atrasadas

Dicas “de ouro” para o trabalho temporário virar fixo

A psicóloga Rosângela Sampaio separou cinco truques para você alcançar sua meta, confira!

  • Trabalhe a sua inteligência emocional;
  • Seja criativo, antecipe soluções;
  • ​Oriente-se para resultados, faça mais do que é pedido;
  • Tenha visão estratégica e saiba se conectar com pessoas;
  • Disponha-se para ouvir opiniões e aceitar feedback.

Artigo Original

Deixe uma resposta