Menu fechado

como fazer o dinheiro render mais? Confira!

como fazer o dinheiro render mais? Confira!

O benefício do PIS/Pasep começa a ser liberado nessa quinta-feira, 25 de julho (referente ao ano base 2018). O dinheiro do abono salarial pode ser utilizado para quitar dívidas, consumo ou até mesmo fazer ele render em alguma aplicação. Conheça alguns investimentos que podem ser feitos com R$ 1.000,00.

PIS/Pasep: como fazer o dinheiro render mais? Confira!
PIS/Pasep: como fazer o dinheiro render mais? Confira!

É possível investir o dinheiro do PIS/Pasep? A partir de quanto?

Os valores pagos do PIS/Pasep variam de R$ 84,00 (oitenta e quatro reais) a um salário mínimo de R$ 998,00 (novecentos e noventa e oito reais).

Contudo, a quantia a ser paga depende da quantidade de meses trabalhados, com carteira assinada no ano base 2018.

Quem tiver trabalhado o ano de 2018 inteiro, de carteira assinada, terá direito ao valor de um salário mínimo de R$ 998,00.

Muitas pessoas têm em mente que para aplicar é preciso ter muito dinheiro e, por isso, recorrem à poupança.

Entretanto, há algumas boas opções de investimento em que é possível investir com apenas R$ 30,00, como o Tesouro Direto, por exemplo.

Nesse sentido a definição de objetivos e também do perfil de investidor será fundamental, para obter sucesso nos investimentos.

Investimento x perfil de investidor

Perfil conservador

As melhores alternativas podem ser os títulos prefixados e o Tesouro Selic.

Perfil moderado

Aplicações como Tesouro Direto, Letras de Crédito e de Câmbio costumam trazer bons rendimentos.

Além disso, investimentos de menor porte na bolsa de valores também pode compor uma boa estratégia.

Os Fundos de Investimentos possuem ações diversificadas, portanto, o risco é mais controlado.

Perfil arrojado

A bolsa de valores é uma boa alternativa para esse tipo de perfil.

Leia ainda: Financiamento custo zero: saiba como conseguir dinheiro mesmo negativado e tire sua ideia do papel 

Como investir o dinheiro do Abono Salarial?

Há muitos anos, a poupança não é uma boa aplicação para o seu dinheiro.

A taxa de rentabilidade dela é baixa em comparação com os investimentos de renda fixa.

Conheça 4 opções mais rentáveis que a poupança

Tesouro Direto

Esse é um título público emitido pelo governo. Basicamente, a aplicação funciona como um empréstimo do seu dinheiro para o Estado, que em troca, oferece uma taxa de rentabilidade.

Então, os títulos públicos podem ser uma ótima alternativa para você investir o dinheiro do seu PIS/Pasep.

Conheça as categorias oferecidas:

  • Atrelados à inflação: Tesouro IPCA+ e Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais
  • Indexados à taxa Selic: Tesouro Selic
  • Prefixados: Tesouro Prefixado e Tesouro Prefixado com Juros Semestrais

Um dos títulos mais recomendados para todas as carteiras é o Tesouro Selic. Ele possui baixa volatilidade e os rendimentos são exatamente iguais ao comportamento da taxa básica de juros.

As aplicações atreladas ao IPCA são indicadas para a proteger o seu dinheiro da inflação e manter o seu poder de compra no futuro.

Os títulos prefixados possuem taxa de retorno fixa, ou seja, é possível saber exatamente o quanto você vai receber no futuro.

Os títulos do Tesouro Direto são mais adequados para investir com foco no médio e longo prazo.Desta forma, é possível obter rendimentos mais atrativos

CDB

O CDB (Certificado de Depósito Bancário) é um título de renda fixa privado emitido pelos bancos.

A taxa de rentabilidade pode ser: prefixada ou pós-fixada.

A mais comum é a pós-fixada, com indexação ao CDI, ou seja, é pago um percentual do indicador, por exemplo, 110% do CDI.

Essa é uma aplicação bastante simples. Basta investir o dinheiro do seu PIS/Pasep e fazer o resgate na data de vencimento.

Esse tipo de investimento conta com a cobertura do FGC (Fundo Garantidor de Crédito) para valores de até R$ 250 mil. Caso o emissor quebre, você não perde o que investiu.

Ao aplicar em CDB, priorize aqueles que oferecem taxa de rentabilidade de, no mínimo, 100% do CDI. Assim, você terá uma remuneração justa com apenas R$ 1 mil.

LCI e LCA

A LCI (Letras de Crédito Imobiliário) e LCA (Letras de Crédito do Agronegócio) são investimentos em renda fixa emitidos pelas instituições financeiras.

Os recursos captados pelo emissor são utilizados para financiar as atividades do setor imobiliário e o do agronegócio.

Essas aplicações podem ser excelentes formas de investir um capital pequeno, como o dinheiro do abono salarial.

Um diferencial é a isenção de tributos como o Imposto de Renda (IR), ou seja, os retornos brutos são iguais aos líquidos.

Ao investir em LCI e LCA, você deve lembrar que elas costumam ter prazo de carência, que é um período mínimo que o dinheiro precisa ficar aplicado.

Assim como o CDB, esses títulos também possuem a cobertura do FGC .

Letras de Câmbio

Muitos investidores iniciantes não conhecem esta opção. O seu funcionamento é semelhante ao CDB, contudo, esses títulos são emitidos pelas financeiras.

As LCs também contam com a garantia do FGC.

Esses ativos costumam ser recomendados por conta da alta rentabilidade.

Em contrapartida, o prazo de vencimento pode ser maior. Assim, a LC é voltada para investimentos de médio e longo prazo.

Se o dinheiro do PIS/Pasep não tiver uma necessidade urgente de uso, esse é um bom tipo de aplicação.

Simulação de um investimento de R$ 1.000

Confira uma simulação de três dos investimentos citados em comparação com a poupança.

Nesse cenário foi considerado uma aplicação inicial de R$ 1.000,00, o que equivaleria a basicamente o benefício do PIS/Pasep integral, e aportes mensais de R$ 50,00 por um período de 5 anos.

Aplicação do dinheiro do PIS/Pasep em diferentes investimentos
Aplicação do dinheiro do PIS/Pasep em diferentes investimentos

Leia ainda:Como ganhar dinheiro: conheça 5 fintechs para investimentos lucrativos



Últimas Publicações


Artigo Original

Deixe uma resposta