Menu fechado

Como fazer | O centro de boas práticas da Sodiê

Como fazer | O centro de boas práticas da Sodiê

Como a rede de docerias Sodiê foi de “regular” a “ótima” em qualidade do serviço segundo a classificação do site ReclameAqui

access_time

1 ago 2019, 05h12

Fundada em 1997, a franquia de vendas de bolos e doces paulista Sodiê criou sua primeira estrutura de acompanhamento das lojas em 2006. Naquele ano, um grupo de consultores passou a visitar as franquias espalhadas pelo Brasil para acompanhar os resultados e garantir unidade à rede. Ainda assim, a fundadora da empresa, Cleusa Maria da Silva, não estava safisfeita com o número de reclamações. Em 2018, a Sodiê — que fatura cerca de 290 milhões de reais com 314 franquias — era qualificada como “regular” no site ReclameAqui. Neste ano, o status passou a ser “ótima”.

Para dar essa virada, Cleusa decidiu investir mais na padronização dos processos. Em novembro, a Sodiê inaugurou um centro de treinamento em São Paulo. Com funcionamento de segunda a sexta-feira, o local recebe funcionários de qualquer unidade da rede e oferece cursos gratuitos que abordam todas as funções do negócio. Cerca de 400 funcionários, de 99 unidades, já passaram por lá. “Falamos sobre tudo, desde como descascar um abacaxi até como gerenciar o fluxo de caixa”, diz Cleusa. As próprias franquias podem indicar os cursos prioritários. Além disso, a companhia aproveitou para disseminar boas ideias — como novos quitutes —, que se espalham pela rede. Veja o passo a passo.

Artigo Original

Deixe uma resposta