Menu fechado

Como fazer jejum de maneira correta?

Como fazer jejum de maneira correta?

Jantar um pouquinho mais cedo e conseguir adiar o café da manhã no dia seguinte para mais tarde. É essa a ideia do jejum intermitente, prática que surgiu em meados de 2007 e vem sendo estudada desde então por levantar algumas polêmicas. Afinal, faz mal passar de 12 até 36 horas sem comer nada? Quais as vantagens de aderir ao jejum e qual a maneira correta de fazê-lo?

O método serve para quem quer emagrecer e perder gorduras. A prática também ajuda a atingir os objetivos mais rapidamente: um estudo, feito em agosto de 2018 pela Universidade de Surrey, na Inglaterra, selecionou participantes que queriam reduzir seus níveis de gordura corporal por questões de saúde. Eles foram divididos em dois grupos – um faria uma dieta com restrição calórica; já o outro, o jejum intermitente. E os resultados foram surpreendentes. Os pacientes que aderiram à segunda estratégia conseguiram cumprir a meta duas semanas antes daqueles que cortaram calorias. Além de terem sentido efeitos benéficos na pressão arterial e no colesterol ruim!

Atletas de elite geralmente fazem uso do jejum intermitente. Quem sofre com problemas digestivos também faz parte da parcela da população que se recomenda o método.

Qual o máximo de horas que eu posso ficar sem comer?
Você já deve ter lido ou escutado por aí histórias de pessoas que jejuaram por longos períodos. E, apesar de algumas delas não serem mitos, houve sempre um acompanhamento hospitalar e suplementação de vitaminas e minerais. É importante também, segundo ela, evitar jejuar mais do que três vezes na semana, e por mais de dois meses seguidos.

Artigo Original

Deixe uma resposta