Menu fechado

Como fazer criança gostar de verduras e frutas

Como fazer criança gostar de verduras e frutas
verduras legumes criancas 0819 1400x800
Tatevosian Yana/shutterstock

Assim como em adultos, uma alimentação equilibrada também é fundamental na infância. No entanto, nem sempre é fácil fazer com que as crianças comam vegetais e outros ingredientes de qualidade.

Confira dicas que farão com que seus filhos se tornem amantes de alimentos saudáveis:

funny baby eating healthy food on 219094969
Oksana Kuzmina vía Shutterstock

Evite o açúcar

Idealmente, as crianças com menos de 2 anos de idade não devem consumir alimentos com adição de açúcares. Elas podem comer frutas, porque contêm açúcar natural, mas não sucos industrializados, por exemplo.

Se os pequenos se acostumarem a comer alimentos doces, rejeitarão os que não são, como os vegetais, por isso é melhor evitá-los ou dá-los em pequenas quantidades.

relacion azucar arrugas 2 0
Vassiliy Vassilenko/iStock/Thinkstock

Escolha os vegetais certos

Seu filho vai gostar muito mais de verduras frescas e tenras, porque não será difícil comê-las. Por isso, é interessante escolher os alimentos de acordo com a estação.

debes conocer sobre la dieta flexitariana 2
nitrub via iStock

Seja constante

Um grande truque, recomendado pelos pediatras, é dar ao bebê o mesmo vegetal por três dias seguidos, sem oferecer outro tipo de comida. Isso ajuda na adaptação e reconhecimento de seu sabor.

nina bebe comiendo 0
conrado vía Shutterstock

Não force

Não tente que a criança aceite os vegetais à força. Se ele recusar determinada comida, tente dar depois e preparar de outra maneira.

7 errores que podrias estar cometiendo en la alimentacion de tu bebe 1
pelojum/iStock

Não repreenda a criança

Sabemos que esse processo pode ser frustrante, mas você precisa ser paciente. Se o seu pequenino rejeitar algum sabor e você repreendê-lo, ele associará o mau momento ao vegetal e acabará detestando-o.

13 senales de que tu hijo es adicto a la tecnologia
Lichtmeister Photography Productions/iStock/Thinkstock

Alimentação infantil

Artigo Original

Deixe uma resposta