Menu fechado

Como fazer backup da sua biblioteca de imagens do Google Fotos

Como fazer backup da sua biblioteca de imagens do Google Fotos


Clique para copiar

https://pcworld.com.br/como-fazer-backup-da-sua-biblioteca-de-imagens-do-google-fotos/


Desde que o Google Fotos e seu armazenamento em nuvem ilimitado e de alta qualidade chegaram, o Google inclui um método de backup útil atrelado ao Google Drive. Desde que você tenha alternado o botão do Drive nas configurações do Fotos (e espaço suficiente em seu Google Drive), tudo que foi adicionado ao aplicativo Fotos foi sincronizado com o Google Drive. Assim, você pode criar uma biblioteca pessoal de imagens com qualidade original.

A partir desta quarta-feira (10), isso está mudando. O Google diz que a sincronização do Google Drive causava confusão com os usuários. Por isso, o Google Apps não incluirá mais uma opção para sincronizar com o Google Drive. Se quiser, você ainda poderá fazer backup de suas fotos com qualidade original, mas não verá mais novas fotos no seu Drive. Da mesma forma, tudo o que você adicionar às pastas de fotos no Google Drive não será mais exibido automaticamente no Google Fotos.

Portanto, manter um backup contínuo de suas fotos vai exigir algum trabalho. Saiba o que está mudando e quais são suas opções para criar um backup.

Armazenamento

Como já acontecia anteriormente, o Google armazenará fotos e vídeos de alta qualidade no Google Fotos gratuitamente, para que eles não afetem o espaço do seu Drive. Contudo, se você optar pela qualidade original, o Google Fotos usará parte do espaço em seu Google Drive para armazenar sua biblioteca, mesmo que você não possa ver ou acessar as fotos. Qualquer foto ou vídeo que resida em ambos os lugares ocupará o dobro do espaço.

Pasta Fotos

Se você optou por usar o Google Drive para fazer backup do seu Google Fotos, saiba que não será mais possível fazer isso. Todas as fotos que foram sincronizadas até o minuto em que o Google foi desativado permanecerão na sua pasta. Você pode fazer o que quiser com elas, mas as fotos excluídas do Google Drive não serão mais removidas do Google Fotos.

O Google adicionou um novo recurso ao Google Fotos chamado Upload do Drive. Semelhante ao botão “Fazer upload” e ao método de arrastar e soltar, ele permite que você selecione fotos e vídeos diretamente de seu Google Drive e os importe para o Google Fotos. Quando algo é enviado ao Google Fotos, ele fica em dois lugares e ocupa o dobro do armazenamento. E se você excluir uma foto de um lugar, o outro permanecerá.

Há anos, o Google oferece um aplicativo de backup e sincronização para Macs e PCs, que permite sincronizar facilmente fotos e vídeos de sua área de trabalho com o Google Drive ou o Google Fotos. Não é uma via de mão dupla, como a integração atual do Google Fotos com o Google Drive, o que significa que você precisará fazer upload de fotos e vídeos para os dois lugares, mas pode escolher pastas individuais para sincronizá-las automaticamente assim que ligar seu computador. Todas as novas imagens e vídeos no seu PC estarão disponíveis no Google Drive.

Se você quer ter certeza de que tem um backup das suas fotos além do Google Fotos, ainda é possível fazer o download de uma cópia completa do seu arquivo do Google Fotos. Não é tão rápido ou fácil como a sincronização do Google Drive, mas é o suficiente.

Para começar, acesse a guia Dados e personalização na sua Conta Google, role para baixo e selecione Fazer download dos dados. Existem várias categorias para escolher, mas você deve desmarcá-las e procurar o Google Fotos. Clique na caixa de seleção e role até a próxima etapa. Na próxima tela, você poderá escolher o método de entrega, o tipo de arquivo e o tamanho deste, bem como a frequência com que você deseja receber uma cópia do seu arquivo. Em seguida, selecione Criar arquivo para gerar sua biblioteca.

Pode demorar um pouco para entregar, dependendo do tamanho da sua biblioteca, e ainda mais tempo para baixar, uma vez que está pronto. Mas suas fotos serão organizadas em pastas por data, para que possam ser enviadas para o Google Drive ou armazenadas em uma unidade externa, o que você preferir.

Artigo Original

Deixe uma resposta