Menu fechado

Beber água à noite do jeito errado pode detonar seu sono: médico ensina como fazer

Beber água à noite do jeito errado pode detonar seu sono: médico ensina como fazer
agua pia copo 0419 1400x800agua pia copo 0419 1400x800
Dmitry Naumov/shutterstock

São inúmeros os fatores que podem se tornar verdadeiros empecilhos na hora de dormir. O uso de celulares em ambientes escuros, um jantar muito pesado e estresse são algumas circunstâncias que contribuem para comprometer uma boa noite de sono.

Mas em alguns casos, a recorrência da dificuldade em dormir pode desenhar um quadro de insônia e, por isso, é importante entender se algum dos nossos hábitos favorece essa condição.

Insônia

insonia perda sono 0119 1400x800insonia perda sono 0119 1400x800
Photographee.eu/ShutterStock

Insônia se caracteriza pela dificuldade de manter o estado de sono pelo tempo necessário. O corpo de um adulto precisa de oito horas de sono seguidas e diárias. Porém, o quadro, que afeta grande parte dos brasileiros, não permite uma noite inteira de descanso. A ausência de sono noturno, essencial para o bem estar do corpo, pode interferir nas tarefas do dia a dia, provocando desatenções, dores musculares, cansaço extremo e falta de memória.

Causas

trabalho estresse dor cabeca enxaqueca 0918 1400x814trabalho estresse dor cabeca enxaqueca 0918 1400x814
Gorodenkoff/Shutterstock

As causas da insônia e de interrupções de sono podem ser diversas:

  • Estresse;
  • Excesso de preocupações,
  • Agitação noturna;
  • Depressão;
  • Apneia;
  • Uso de bebidas estimulantes como café, chá-mate ou refrigerantes;
  • Tabagismo;
  • Acúmulo de tarefas para realizar;
  • Uso descontrolado de substâncias estimulantes;
  • Ingestão de certos tipos de remédios.

Hábitos

insonia cama celular 1218 1400x800insonia cama celular 1218 1400x800
ALDECAstock/shutterstock

Para combater a insônia e recuperar as horas mal dormidas, é preciso mudar certos hábitos que podem estar atrapalhando o sono. E um desses hábitos pode ser a maneira como você bebe água. É claro que a ingestão de líquidos é essencial para o pleno funcionamento do organismo. Mas o horário e especialmente a quantidade ingerida à noite podem afetar seu sono diretamente.

Isso porque se você tem o costume de beber água antes de dormir, o processamento do líquido se dará durante à noite e o corpo vai se manifestar com a necessidade de ir ao banheiro e, para isso, seu sono será interrompido.

Truque para dormir bem

sono cama dormir 0219 1400x800sono cama dormir 0219 1400x800
l i g h t p o e t/Shutterstock

De acordo com o médico Thiago Volpi, não nos atentamos a ingestão de líquidos quando estamos próximos a dormir, no entanto, a recomendação é que o consumo de água e outros líquidos ocorra entre 2 e 3 horas antes de deitar, para que o sono não seja interrompido durante a noite por aquela vontade de fazer xixi, situação que interrompe o descanso pleno do corpo.

View this post on Instagram

Entre os benefícios de uma boa noite de sono estão a diminuição de riscos de doenças cardiovasculares, melhora no desempenho físico e ajuda no controle da obesidade. Confira as dicas que podem te ajudar a dormir melhor: Limite a ingestão de líquidos de 2-3hrs antes de deitar para não interromper o sono no meio da noite para fazer xixi. Tente tomar sua última bebida com cafeína antes das 17h para melhorar a consistência do sono. Lembre-se que muitos chás também contêm cafeína. Consumir alimentos antes de dormir faz com que o organismo permaneça em “estado de alerta”, no qual estimula a produção de adrenalina, e pode alterar o ritmo diário do organismo. Desligue celulares e computadores de 1-2 horas antes de dormir evitando a luminosidade alta que é prejudicial na hora de dormir, já que compromete a produção do hormônio responsável pelo sono, a melatonina. O costume de anotar 3 coisas pelas quais você é grato melhora a rapidez com que você adormece e também a qualidade do sono além de ser um hábito positivo. Consumir 2 kiwis antes de dormir ajuda a acelerar o sono além de proporcionar um sono mais profundo. Acredita-se que os altos níveis de antioxidante e serotonina presentes no alimento são responsáveis por esse efeito. A temperatura ideal para dormir é relativamente fria, por volta de 15 a 20°C, que facilitam a redução da temperatura central do corpo, iniciando a sonolência. A exposição à luz ambiente antes de se deitar encurta a duração da melatonina por cerca de 90 minutos em comparação com a exposição à luz fraca. Além disso, a exposição à luz ambiente durante as horas de sono suprime os níveis de melatonina em mais de 50% Evite o barulho constante de aparelhos eletrônicos como do ar-condicionado ligado ou televisão. Esses sons conhecidos como ruído branco, possuem todas as frequências na mesma potência, camuflando barulhos externos que atrapalham o sono. E a qualidade do seu sono como está? Está te ajudando a ter uma melhor qualidade de vida?

A post shared by Thiago Volpi (@drthiagovolpi) on

Importância do sono

https://platform.instagram.com/en_US/embeds.js

Artigo Original

Deixe uma resposta